As 10 descobertas antigas mais misteriosas

Há muitos mais mistérios no mundo do que podemos imaginar...


10- As esferas sulcadas
 
Nas últimas décadas, mineiros na África do Sul desenterraram esferas de metal misterioso . De origem desconhecida, estas esferas medem cerca de uma polegada ou mais de diâmetro, e algumas são gravados com três sulcos paralelos correndo em volta.  
Dois tipos de esferas foram encontradas: uma é composta por um metal sólido azulado com manchas brancas, a outra é oca e preenchida com uma substância branca esponjosa. O que impressiona é que a rocha em que foi encontrada é pré-cambriana – datada como tendo 2,8 bilhões de anos! Quem as fez e com que finalidade é algo simplesmente desconhecido.

9- As Pedras Dropa
 
Em 1938, uma expedição arqueológica liderada pelo Dr. Chi Pu Tei nas montanhas de Baian-Kara-Ula na China fez a surpreendente descoberta de que em algumas cavernas aparentemente foram ocupadas por alguma cultura antiga. 

Enterrada na poeira de séculos no chão da caverna foram encontrados centenas de discos de pedra . Medindo cerca de nove centímetros de diâmetro, cada um tinha um círculo cortado no centro e foi gravado com uma ranhura em espiral.  

O sulco espiral, ao que parece, é realmente composto de minúsculos hieróglifos que contam a incrível história de espaçonaves de algum mundo distante, que teriam feito um pouso forçado nas montanhas. Os navios foram pilotados por pessoas que se chamaram Dropa, e os restos de cujos descendentes, possivelmente, foram deixados na caverna.

8- As pedras de Ica
 
A partir de 1930, o pai do Dr. Javier Cabrera, Antropólogo Cultural de Ica, no Peru, descobriu várias centenas de pedras cerimoniais nos túmulos dos antigos Incas. Dr. Cabrera, continuando o seu trabalho do pai, já recolheu mais de 1.100 dessas rochas que são estimadas como tendo entre 500 e 1.500 anos e se tornaram conhecidas como pedras de Ica

As pedras tem gravuras, muitas das quais de conotação sexual, outras retratam práticas como cirurgia cardíaca e transplante de cérebro. As gravuras mais surpreendentes, no entanto, claramente representam dinossauros – brontossauros, triceratops (ver foto), estegossauros e pterossauros. Enquanto os céticos consideram as pedras de Ica um embuste , sua autenticidade não tem sido refutada.

7- O Mecanismo de Antikythera
 
Um artefato que causa perplexidade foi recuperado por mergulhadores nos restos de um naufrágio em 1900 na costa de Antikythera, uma pequena ilha que fica a noroeste de Creta. Os mergulhadores o acharam entre pedras grandes de mármore e estátuas de bronze no que tinha sido aparentemente um navio de carga. O achado trata-se de um pedaço de bronze corroído que continha algum tipo de mecanismo composto de muitas engrenagens e rodas. 

Investigadores indicaram que teria sido feito em 80 aC, e muitos especialistas no início pensaram ser um astrolábio, um instrumento de astronomia. Um raio-x do mecanismo , no entanto, revelou que ele era muito mais complexo, contendo um sofisticado sistema de engrenagens diferenciais. Mecanismos com este nível de complexidade, não eram conhecidas até 1575! Ainda não se sabe quem construiu este grande instrumento de 2.000 anos atrás ou como esta tecnologia foi perdida.

6- A pilha elétrica de Bagdá
 
As baterias ou pilhas de hoje podem ser encontradas em qualquer

supermercado. Mas aqui temos uma bateria de 2.000 anos de idade! Conhecida como a bateria de Bagdá , essa curiosidade foi encontrado nas ruínas de uma aldeia Parthian Acredita-se que datam de entre 248 aC e 226 dC. 

O dispositivo consiste de um vaso de barro dentro do qual estava um cilindro de cobre mantido no lugar por asfalto, e dentro do que era um bastão de ferro oxidado. Os peritos que o examinaram concluíram que o dispositivo só precisava ser preenchido com um ácido ou alcalino líquido para produzir uma carga elétrica.Acredita-se que esta bateria antiga pode ter sido usado para galvanizar objetos de ouro. Se sim, como foi esta tecnologia perdida … e a bateria não foi redescoberta por mais 1.800 anos?

5- O Artefato Coso
 
Nas montanhas da Califórnia, perto de Olancha durante o inverno de 1961, Lane Wallace, Virginia Maxey e Mike Mikesell encontraram uma pedra, entre muitos outras, que eles achavam que era um geode – um bom complemento para a sua loja de jóia. Ao cortá-la, porém, Mikesell encontrou um objeto que parecia ser feito de porcelana branca. 

No centro, havia um eixo de metal brilhante.Especialistas estimam que deve ter levado cerca de 500 mil anos para esta fósseis incrustarem nódulos desta forma, mas o objeto dentro era obviamente de fabricação humana sofisticado. 

Investigações posteriores revelaram que a porcelana foi cercada por um invólucro hexagonal, e um raio-X revelou uma pequena mola em uma extremidade. Alguns que examinaram as evidências dizem que se parece muito com uma moderna vela de ignição. Como ele foi parar dentro de uma rocha de 500.000 anos?

4- Antigo Modelo de Avião
 
Existem artefatos pertencentes às antigas culturas da América Central e do Egito que parecem muito com as aeronaves modernas . O artefato egípcio, encontrado em uma tumba na Saqquara, Egito, em 1898, é um objeto de madeira de seis polegadas que se parece muito com um modelo de avião, com a fuselagem, asas e cauda.  

Especialistas acreditam que o objeto é tão aerodinâmico que é realmente capaz de planar. O pequeno objeto descoberto na América Central (mostrado à direita), que estima-se datar de mais de um milênio, é feito de ouro e podia ser facilmente confundido com um modelo de uma aeronave de asa delta – ou mesmo um ônibus espacial. Ele ainda apresenta o que parece ser um lugar de piloto.

3- Bolas de pedra gigantes da Costa Rica
 
Trabalhadores que abriam caminho através da densa floresta da Costa Rica para limpar uma área de plantações de bananas na década de 1930 depararam-se com alguns objetos incríveis: dúzias de bolas de pedra , muitas das quais eram perfeitamente esféricas.  

Eles variavam de tamanho de tão pequeno quanto uma bola de tênis até uma esfera de 8 metros de diâmetro e pesando 16 toneladas! Embora as bolas de pedra grandes tenham sido claramente feitas pelo homem, não se sabe quem as fez, com que finalidade e, o mais intrigante, como conseguiram tal precisão esférica.

2- Fósseis Impossíveis
 
Fósseis, como aprendemos na escola, aparecem em rochas que se formaram muitos milhares de anos atrás. No entanto, há uma série de fósseis que simplesmente não fazem sentido histórico ou geológico.Um fóssil de uma marca de mão humana por exemplo, foi encontrado em calcário estimado em 110 milhões de anos. 
 
O que parece ser um fóssil de dedo humano encontrado no Ártico Canadense também data de 100-110.000.000 de anos atrás. E o que parece ser o fóssil de uma pegada humana , possivelmente usando uma sandália, foi encontrado próximo a Delta, Utah, em um depósito de xisto estimado em 300 a 600 milhões de anos.

1- Objetos de metal
 
Como a ciência explica tubos semi-ovóides metálicos desenterrados de calcário cretáceo de 65 milhões de anos na França? Em 1885, um bloco de carvão foi arrombado quando encontro-se um cubo de metal obviamente trabalhado por mãos inteligentes. 

Em 1912, os funcionários de uma usina elétrica quebraram um grande pedaço de carvão para fora da qual caiu uma panela de ferro! Um prego foi encontrado enterrado em um bloco de arenito da Era Mesozóica. E há muitas, muitas mais anomalias desse tipo.


O que podemos concluir dessas descobertas? Existem várias possibilidades:
  • Seres humanos inteligentes datam muito, muito mais do que imaginamos.
  • Outros seres inteligentes e civilizações existiram na terra, muito além da nossa história.

Um comentário :

  1. nossa impressionante, muito boa a materia, é incrivel!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim!